A mostrar 1–12 de 42 resultados

Moscatel Portal Colheita 2011

21,89 
Descubra o Moscatel Portal Colheita 2011, um exemplar excecional que promete encantar os apreciadores de vinho mais exigentes. Com um processo de fermentação alcoólica em lagar e cuba fechada a temperaturas entre 20-22ºC, este moscatel é meticulosamente cuidado desde as primeiras etapas da vinificação. Envelhecido por um mínimo de sete anos em cascos de carvalho ao estilo dos Tawnies velhos, o Moscatel Portal Colheita 2011 apresenta uma cor aloirada distinta. Os seus aromas intensos de pêra e maçã verdes, complementados por notas de casca de laranja e um leve toque caramelizado, oferecem uma elegância única no paladar. Perfeito como vinho de sobremesa, deve ser servido fresco. Acompanha maravilhosamente doces, especialmente com sobremesas geladas a 10-11ºC ou doces de ovos a 12-13ºC. Uma combinação ideal para uma entrada de Foie, este moscatel equilibra de forma sublime a acidez e o doce, com um perfil fresco e cítrico que contrasta com a complexidade dos vinhos estagiados em madeira velha.

Moscatel António Saramago JMS Superior 1998

66,97 
Experimente o Moscatel António Saramago JMS Superior 1998, uma expressão requintada da Península de Setúbal. Este Moscatel, com uma cor âmbar luminosa, é produzido exclusivamente a partir de uvas 100% Moscatel, escolhidas pela sua qualidade superior. O processo de vinificação deste Moscatel envolve uma fermentação cuidada com adição de aguardente vínica, seguida de uma maceração de cerca de 6 meses. O estágio em barricas de carvalho francês limousin enriquece o seu perfil, conferindo-lhe uma complexidade rara. Os aromas de casca de laranja, passas e mel combinam-se com notas balsâmicas, resultando num sabor untuoso, intenso e equilibrado. Este Moscatel é especialmente recomendado para acompanhar doces regionais, elevando cada experiência gastronómica a um momento de puro deleite.

Moscatel António Saramago

18,89 
Descubra o Moscatel António Saramago, uma jóia da Península de Setúbal que encapsula o espírito da região com a sua cor âmbar intensa. Este Moscatel de singularidade indiscutível é elaborado a partir de 100% de uvas Moscatel, garantindo uma pureza de aroma e sabor sem igual. A técnica de vinificação envolve uma ligeira fermentação interrompida pela adição de aguardente vínica, seguida de uma maceração prolongada de cerca de 6 meses. O envelhecimento em barricas de carvalho francês acentua a complexidade deste néctar, criando uma harmonia perfeita entre a tradição e a modernidade. Os aromas de flor de laranjeira e casca de laranja entrelaçam-se com notas subtis de noz, culminando numa experiência gustativa que equilibra uma boa acidez com um final elegante e duradouro. O Moscatel António Saramago é uma escolha privilegiada para apreciadores de vinhos robustos e aromáticos.

Moscatel António Saramago 10 Anos

29,95 
Descubra o requintado Moscatel António Saramago 10 Anos, uma joia da viticultura da Península de Setúbal. Este moscatel distinto é produzido através de uma vinificação cuidada, com ligeira fermentação seguida pela adição de aguardente vínica e uma maceração de seis meses, culminando num envelhecimento de dez anos em barricas de carvalho francês. Ao servir, revela uma cor topázio deslumbrante e seduz com aromas intensos a casca de laranja, mel e frutos secos. No paladar, apresenta-se untuoso e equilibrado, com uma acidez refrescante que promove uma experiência gustativa harmoniosa e envolvente. Ideal como aperitivo ou acompanhamento para doces regionais, o Moscatel António Saramago 10 Anos é uma escolha excelente para momentos especiais. Adicione esta peça de excelência à sua coleção de vinhos e desfrute de uma tradição de sabor que perdura no tempo.

Moscatel Bacalhôa Superior 40 Anos

384,49 
Descubra o Moscatel Bacalhôa Superior 40 Anos, uma verdadeira obra-prima vinícola, nascida das uvas da casta Moscatel de Setúbal da prestigiosa vinha Serra da Ursa, aos pés da serra da Arrábida. Este "terroir" excecional é o berço dos mais conceituados generosos da DO Setúbal. Após uma cuidadosa vindima no final de Outubro de 1983 e uma vinificação que segue as mais autênticas práticas tradicionais, foi engarrafado, 40 anos depois, este vinho singular numa edição limitadíssima de apenas 200 garrafas de 0,5L. Esta colheita extraordinária reserva-se para momentos futuros igualmente especiais. O processo de envelhecimento deste Moscatel decorreu num armazém único, sob condições de amplitudes térmicas naturais elevadas, favorecendo uma complexidade aromática e de sabores incomparáveis. Com uma cor âmbar intensa, adornada por reflexos dourados e esverdeados, desvenda-se em aromas de doce de laranja amarga, marmelada, chá, tâmaras, figo em calda, avelã e mel. Este Moscatel surpreende pelo seu equilíbrio notável entre doçura, acidez e notas amargas, proporcionando uma sensação refrescante e cativante no paladar. De textura suave e final prolongado, este vinho é singular. Ideal para ser apreciado a 16-18ºC, no final de uma refeição, harmonizando perfeitamente com queijos intensos, sobremesas de chocolate e laranja amarga, ou mesmo com e após o café.

Moscatel João Pires 10 Anos

20,49 
O Moscatel João Pires 10 Anos é um vinho de excelência, fruto de um processo de vinificação meticuloso. A fermentação é interrompida com a adição de aguardente neutra, permitindo que o vinho permaneça em maceração pelicular durante 5 meses. Este processo confere ao Moscatel João Pires 10 Anos uma complexidade e riqueza de sabores incomparáveis. Após a maceração, o vinho é sangrado e loteado com o vinho de prensa, seguindo para um envelhecimento que varia entre 10 a 15 anos em pipas usadas de carvalho. Este período de envelhecimento é fundamental para o desenvolvimento dos aromas e sabores característicos do Moscatel João Pires 10 Anos. Quando servido à temperatura ideal de 16ºC, o Moscatel João Pires 10 Anos é o acompanhamento perfeito para sobremesas. A sua versatilidade permite também que seja apreciado como aperitivo, quando servido a uma temperatura de 10ºC. Ao provar o Moscatel João Pires 10 Anos, é impossível não se deixar envolver pela sua cor dourada carregada, que antecipa a complexidade de aromas que se seguem. Notas de casca de laranja, alperce, nozes, mel e erva-doce conjugam-se num bouquet irresistível. No palato, o Moscatel João Pires 10 Anos revela uma harmonia perfeita entre os sabores de tosta e fruta, numa textura macia que acaricia os sentidos. O final de prova é extraordinariamente longo, deixando uma impressão duradoura e memorável.

Moscatel Alambre 10 Anos Decanter

22,89 
O Moscatel Alambre 10 Anos Decanter é um vinho de excelência, fruto de um processo de vinificação meticuloso. A fermentação é interrompida com a adição de aguardente neutra, permitindo que o vinho permaneça em maceração pelicular durante 5 meses. Este processo confere ao Moscatel Alambre uma complexidade e riqueza de sabores incomparáveis. Após a maceração, o vinho é sangrado e loteado com o vinho de prensa, seguindo para um envelhecimento que varia entre 10 a 15 anos em pipas usadas de carvalho. Este período de envelhecimento é fundamental para o desenvolvimento dos aromas e sabores característicos do Moscatel Alambre 10 Anos Decanter. Quando servido à temperatura ideal de 16ºC, o Moscatel Alambre 10 Anos Decanter é o acompanhamento perfeito para sobremesas. A sua versatilidade permite também que seja apreciado como aperitivo, quando servido a uma temperatura de 10ºC. Ao provar o Moscatel Alambre 10 Anos Decanter, é impossível não se deixar envolver pela sua cor dourada carregada, que antecipa a complexidade de aromas que se seguem. Notas de casca de laranja, alperce, nozes, mel e erva-doce conjugam-se num bouquet irresistível. No palato, o Moscatel Alambre 10 Anos Decanter revela uma harmonia perfeita entre os sabores de tosta e fruta, numa textura macia que acaricia os sentidos. O final de prova é extraordinariamente longo, deixando uma impressão duradoura e memorável.

Moscatel Roxo Horácio Simões Heritage

21,89 
O Moscatel Roxo Horácio Simões Heritage é uma verdadeira joia da região de Setúbal, uma área com tradição demarcada na produção de vinhos de sobremesa desde 1907. A Casa Agrícola Horácio Simões, estabelecida em 1910, destacou-se sempre pela sua dedicação à inovação e ao resgate de castas preciosas, como é o caso deste Moscatel Roxo, outrora considerado extinto na região, mas que agora renasce como um néctar excecional. Com uma cor de topázio escuro, este Moscatel apresenta um aroma intenso, onde se destacam notas florais e de especiarias, marcadas pela sua sublime evolução. No paladar, revela-se redondo, extremamente macio e fresco, proporcionando uma experiência gustativa incomparável. O final de boca é longo e memorável, fazendo deste vinho o acompanhamento ideal para uma vasta gama de sobremesas, realçando os sabores quando servido à temperatura perfeita de 18ºC. O Moscatel Roxo Horácio Simões Heritage é mais do que um vinho de sobremesa; é uma celebração da história, do terroir e da paixão pela viticultura da região de Setúbal.

Moscatel Secret Spot King Very Old

949,99 
Vindima manual. Fermentação das uvas em lagar com pisa a pé. Desidratação de películas, posteriormente maceradas na aguardente vínica. Maceração pós fermentativa das massas juntamente com a aguardente vínica. Prensagem e estágio posterior em cascos de madeiras velhas. O primeiro Moscatel do Douro a ter esta designação de idade. O vinho resulta de vários lotes de moscatéis, todos eles provenientes da nossa Quinta da Faísca, que estagiaram em cascos de madeira usada. O mais novo destes tinha 73 anos.

Moscatel Portal Colheita 2007

22,58 
Maceração em lagar e cuba fechada, a uma temperatura de 20-22ºC. Estágio em casco por um período mínimo de 7 anos. Este Moscatel Colheita envelhece em cascos velhos de carvalho, bem ao estilo dos Tawnies Velhos. De cor aloirada, este vinho apresenta aromas de pêra e maça verdes, bem como um caramelizado sem nunca deixar a elegância.

Moscatel Favaios Edição Comemorativa 70 Anos

198,68 
O Moscatel 70 Anos da Adega Cooperativa de Favaios, criado a partir das melhores setes colheitas desde a sua fundação, uma por década (1964, 1975, 1980, 1999, 2007, 2011 e 2020), é um hino à arte de lotear vinhos e também ao verdadeiro moscatel do Douro. A casta Moscatel Galego, diferente da do Moscatel de Setúbal, encontrou na frescura da altitude (entre os 550 e os 600 metros) e nos solos férteis do planalto de Favaios-Alijó o lugar perfeito para expressar toda a sua riqueza aromática e frescor ácido. Ao contrário de outros vinhos fortificados, os grandes moscatéis, os mais duradouros, nascem muitas vezes de uvas a puxar mais para o verde do que para o maduro. Uma sublimação de alguma líchia fresca, frutos secos, laranja cristalizada, mel, glicerina, especiarias e acidez vivificante. Tudo numa dose harmoniosa, bem longe tanto do perfil moscatel xaroposo, demasiado doce e concentrado, como do tipo moscatel delgado e pouco complexo. É tão bom que, mesmo quando o copo se esvazia, sobra um perfume delicioso que apetece ir sorvendo.

Moscatel Horácio Simões Costa a Costa

31,49 
Moscatel Horácio Simões Costa apresenta uma cor âmbar e escura. Aroma complexo, compota, figos, especiaria e frutos secos. Sabor redondo, muito macio e muito fresco. Final de Boca fresco e prolongado.